domingo, janeiro 17, 2010


Something in me was dying
And my heart was heavy as stone
Hard as I was trying
I never could find, find my way home
And your voice came out of nowhere
"Be my friend and give me your hand
Let's take off together
And then we can live wherever we land"

Something in me was broken
And my thoughts were bitter and ill
My world was blown open
And I couldn't see and I couldn't feel
You said "Be yourself and think of me
And you'll know there's nothing to fear
Let's make plans together
It's time to move on and and get out of here"

I need you, don't know what I would do
Will you see the story through
It's a cruel world and I need somewhere to hide
But time goes by and you're still on my side

(Keane)




Eu tinha um monólogo pra postar. Mas deixe ele pra depois... por enquanto.

Eu sinto tristezas nas minhas veias. Talvez eu não aceite-as mais. Prefiro aceitar as esperanças, as poucas que ainda me restam. Ontem foi um dia feliz, pessoas novas, velhas pessoas novas, gente que eu não sabia que era tão legal. Esperança. É tudo que desejo ter.

Saudades do Eros, das pesadas, mesmo quando eu digo que não sinto saudades, pra ele. Saudades do Bry, da Marília e do Ingo. Nada a ver o Eros morar em Fortaleza e o Ingo no exterior. Nada a ver vocês :~




Queria poder deitá-lo(a) no meu colo e passar milhões de horas observando(a) dormir. Esperanças. Enrola-lo(a) em meus braços, acariciar-lhe os cabelos, flertar como se fosse a primeira vez. Esperanças.


Preciso poder contar com você
ter outras eternidades ao seu lado
e me divertir com os caprichos da nossa vontade

Preciso poder me satisfazer
por estar por perto, mesmo afastado
e confiar, na certeza da cumplicidade.

(Jay Vaquer)

1 reações

  1. Curte Jay Vaquer? Dá uma ouvida no som do Bleffe

    http://bit.ly/8Cm5vq

    Se gostar, pode baixar, é DE GRAÇA!!!

    http://bit.ly/8I5Uo8

    ResponderExcluir